Blog

Infância e Adolescência • 17.08.21

Infância e adolescência – Como estimular a criatividade da criança?

Música, pintura e diversão são essenciais para explorar a mente inventiva dos pequenos

Que as crianças possuem uma imaginação fértil todo mundo sabe, mas para preparar os pequenos para a vida, é preciso estimular ainda mais sua criatividade. Para ajudar a impulsionar a inovação nos pequenos, o Colégio Senhora de Fátima separou as seguintes dicas, confira.

Incentive o contato com a arte

A aproximação com qualquer tipo de arte é essencial para o desenvolvimento criativo das crianças. Incentive a leitura, leve-as ao cinema, espetáculos teatrais, concertos de música e museus. Além disso, faça a sua parte dentro de casa, estimulando as crianças com gibis, revistas, videogames e outros tipos de arte.

Com todo este contato, a criança vai rapidamente adquirir um repertório diversificado e começar a expressar sua criatividade de diversas maneiras. Após cada criação, converse com ela para entender suas inspirações e incentivar ainda mais sua veia artística.

Passeie bastante

Nada como o mundo exterior para explorar e incentivar a criatividade nos pequenos. Leve a criançada para uma trilha na natureza, à praia, ou para um parque da cidade. Observe o comportamento que eles vão ter diante de tanta novidade e explore sua curiosidade.

Você também pode debater o que foi legal ou não no passeio, e perguntar o que eles fariam de diferente para tornar o lugar que visitaram melhor. Desta forma, a criançada vai colocar a imaginação pra funcionar e exercitar ainda mais sua criatividade.

Incentive

Uma das formas mais naturais de estimular a criatividade infantil é estimular seus gostos pessoais. Se seu filho adora cantar, por que não promover o contato com a música? E se a sua filha adora esportes, que tal inventar um novo com ela?

Explorando as preferências de cada criança, fica muito mais fácil fomentar a imaginação fértil dos pequenos.

Evite limitar a criança

Quem tem filho, sabe: é muito comum ver um quarto bagunçado, paredes pintadas com canetinha e objetos recobertos em adesivos de super-heróis. Antes de repreender a criança, lembre-se que uma negativa pode bloquear a criatividade, gerando grandes dificuldades no futuro.

Ao invés de dizer não, determine um local da casa em que ela possa criar sem limitações. Forre o chão com jornais ou tapetes velhos, separe umas roupinhas antigas e deixe a criatividade fluir.

Quer uma ajudinha a mais para estimular a criatividade da criançada? Então acesse o site do Colégio Senhora de Fátima e matricule seu filho em um ambiente inovador!

Veja Também

Ver todas

Futuro • 05.10.21

Leitura

A leitura é bastante importante, não apenas para conhecimento...

Futuro • 28.09.21

Novo Ensino Médio

1. INTRODUÇÃO Vivemos hoje uma nova realidade, as informações...

Infância e Adolescência • 21.09.21

Ser mãe e profissional da educação: uma luta contra nossas crenças limitantes

Quando pensamos no processo de alfabetização, imediatamente relacionamos esse...